Licenciamento de marcas é: marketing!   

LI_Licenciamento_Blog
Licenciamento de marcas para empresas iniciantes
21 de agosto de 2019
LI_Banner_Site_Licenciamento_COMERCIAL
Licenciamento de marcas é: Comercial e Vendas!
18 de setembro de 2019
LI_Banner_Site_LicenciamentoMkt

Os 4P’s do Licenciamento de Marcas!

Você sabe porque consideramos que o Licenciamento de Marcas é Marketing? Então vem com a gente!

Já falamos por aqui que, segundo a definição do Marcus Macedo no livro “A Arte do Licenciamento – Guia Completo para o licenciamento de marcas e personagens”, o licenciamento de marcas e produtos é a “Concessão por parte do detentor legal dos direitos de uso de determinada marca ou personagem  para terceiros com o objetivo de exploração comercial”. 

Parece complexo e, quando falamos em licenciamento, muita gente confunde o conceito de “licenciamento de marcas” com “registro de marcas”, ou com o serviço prestado por advogados ou despachantes de veículos. Mas são coisas muito diferentes, e o Licenciamento de Marcas é muito mais simples do que você pode imaginar.

Aqui na Licencie temos um olhar do Licenciamento de Marcas que ajuda a simplificar ainda mais o entendimento de todo processo. Costumamos dizer que Licenciamento de Marcas é Marketing. Se você estudou marketing, administração, vendas, com certeza conhece os 4P´s do guru do Marketing, Phillip Kotler. Eles são os pilares básicos de qualquer estratégia: produto, preço, praça e promoção. É o equilíbrio deles que possibilitam o sucesso de uma marca. Mas antes de contar o porquê dessa nossa leitura, vamos explicar um pouco cada um dos 4 pilares.

Produto/serviço – o que é ofertado, quais os atributos, qual sua aparência, como ele será usado, o que ele resolve para o seu cliente?

Preço – por quanto é ofertado, já existem outras referências na área? qual valor seu cliente irá pagar?

Praça – onde é ofertado, onde estão os concorrentes, qual a capacidade de distribuição?

Promoção – como é ofertado? como é divulgado? como é apresentado?

Explicando os 4 pilares, fica fácil demonstrar o porquê temos essa leitura: todo e qualquer contrato de licenciamento vai ter um produto, um preço, e uma praça. E a promoção? Na nossa leitura, a promoção é o próprio licenciamento.

Quer ver uma coisa? Sempre que intermediamos programas de licenciamento, primeiro identificamos qual ou quais marcas têm mais fit com o produto do cliente. Identificada a marca, intermediamos o contato e negociação com a marca a ser Licenciada. Adivinha quais são as primeiras coisas que a Marca quer saber: 

  • Qual PRODUTO a marca vai ser aplicada;
  • A qual PREÇO será vendido;
  • E ONDE será distribuído (PRAÇA);

 

A promoção é o próprio Licenciamento, que figura como a estratégia adotada para PROMOVER as vendas.

Geralmente, a primeira coisa que a marca avalia para dar ou não continuidade a uma negociação, é se já existe outro contrato com produto, preço e/ou distribuição semelhantes. 

Em geral, o contrato de licenciamento só é aprovado se PRODUTO, PREÇO e PRAÇA forem diferentes em pelo menos 1 item. Por exemplo:

Licenciado 1 

Produto: camiseta

Preço (PDV): R$ 99,00

Praça: Lojas boutique em shopping center. 

Licenciado 2

Produto: camiseta

Preço (PDV): R$ 39,00

Praça: Lojas de bairro, populares. 

Nesse exemplo, a Marca licencia o mesmo Produto (camisetas), porém com Preços e Praças diferentes. Evitando que os licenciados 1 e 2 se canibalizem no varejo. 

Em alguns casos, marcas negociam mesmo Produto, mesmo Preço, e somente com Praça distinta, caso muito comum com magazines, Renner, Riachuelo, C&A. Muito comum ver a mesma marca, mesmo produto, e preço, porém em lojas distintas. 

E você, concorda que Licenciamento é Marketing? 

Licenciamento é 4 P’s na veia. =)

Continue acompanhando nosso blog, Instagram e Linkedin que temos muita informação especializada em licenciamento de marcas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *